quarta-feira, abril 29, 2009

BEIJÓS - Visita Pascal

A Páscoa em Beijós tem sido uma época do ano em que muitos Beijosenses se deslocam à sua Terra Natal.

Além de matarem saudades de todo o cenário paisagístico, altura em que toda a vegetação renasce em cada ano, período de renovação da natureza, vão à procura do convívio dos familiares e dos amigos espalhados pelos quatro cantos de Portugal e do Mundo.

A celebração Pascal na nossa Aldeia, além da evocação à Morte e Ressurreição de Jesus Cristo, serve para nos regenerarmos a nós próprios e ganharmos alento para enfrentar mais um ano na luta da vida, reconciliados com a natureza e com a sociedade.

A Mensagem da Páscoa, que serviu de lema à Visita Pascal de 2009
A Visita Pascal de 2009 foi diferente.
Os ventos que sopravam com um ar de tristeza no rosto de cada Beijosense, inesperadamente, trouxeram um raio de Sol, que fez brilhar em cada um a alegria de outrora.

A Missa de Domingo de Páscoa, doutamente presidida pelo Reverendo Padre Mário, Reitor do Seminário Maior de Viseu, que anunciou a sua presença entre nós durante todo o dia, foi o início do raiar do Sol que veio alegrar e trazer a felicidade à nossa Aldeia.

Havia mais de DEZ anos que o Padre não efectuava a visita Pascal. Os Beijosenses já estavam deveras cansados e, rotineiramente, a Páscoa para muitos passava a perder o simbolismo de outras épocas.
Era notória a falta de uma palavra amiga de Saudação da Boca de um representante de Cristo na Terra, quando o Senhor Crucificado entrava em cada lar.


Este Ano tudo foi bem diferente. Voltámos a sentir a alegria de há 50 anos.







O Senhor Presidente da Assembleia de Freguesia de Beijós, revelando também o seu natural entusiasmo, lá vai ao encontro dos seus familiares, para o salutar convívio.






Há quanto tempo este Nosso Querido Amigo, José Rodrigues Martins, não convivia com estes nossos amigos? Alegrámo-nos em vê-lo também contente por, mais uma vez, nos ter encontrado.















O Senhor Ministro das Finanças, por um dia.
O Nosso Querido Amigo, João Abílio, voluntário e prestimoso no auxílio ao próximo e à comunidade, no Domingo de Páscoa, teve que calçar as "sapatilhas", para não se deixar atrasar no percurso. Muito dinâmico, também conseguiu fazer cabalmente a visita que lhe foi atribuída.
*****
BEIJÓS ... Esteve muito bem!
Os Beijosenses conseguiram mais uma vez brilhar.
Valeu o singular e inquestionável apoio do Reverendo Padre Mário, a quem enviamos os mais reconhecidos agradecimentos, "BEM-HAJA".
*****
As Palavras encorajadoras e de agradecimento que o Reverendo Padre Valmor dirigiu aos Beijosenses na Missa de Domingo da Pascoela, dão-nos ânimo para prosseguir em elevar cada vez mais ao alto, em todos os aspectos, o nome de BEIJÓS.

PARABÉNS !

video  »»» Os sons de Domingo de Páscoa em Beijós.

Na Nossa Aldeia, enquanto a Visita Pascal estiver a decorrer,  os sinos não param de tocar, em sinal de festa, com este toque alegre, musical, para anunciar que Cristo Ressuscitado está a visitar as casas dos Beijosenses.  

1 comentário:

  1. O Nosso Amigo que tocou o sino está mesmo senhor da situação. Aparenta total descontracção, fazendo os toques como quer. Agarrou-se aos badais com coragem... com garra!
    Ainda que seja uma só vez por ano, procura matar as saudades!
    Parabéns!

    ResponderEliminar

Os seus comentários enriquecem a nossa prestação. Seja bem vindo. Obrigado pela sua colaboração.