domingo, dezembro 05, 2010

A OLIVEIRA COM CABAÇAS

2010NOV03 - QUE FRUTO ESTRANHO NESTA OLIVEIRA

Passámos por Travanca de São Tomé, no concelho de Carregal do Sal e surpreendeu-nos o fruto que a oliveira da foto ostentava.
O proprietário do terreno onde está a oliveira terá semeado as cabaceiras debaixo da árvore, que, para se desenvolverem e produzirem os seus frutos, aproveitaram o apoio da oliveira. Assim, entrelaçaram-se nela e cada cabaceira foi produzir as cabaças no alto da copa, mesmo junto das azeitonas.
Já havia muito tempo que não víamos estes frutos, que, outrora, substituíram as garrafas de vidro, porquanto qualquer agricultor as produzia com facilidade. Depois era só deixá-las secar. Com um ferro em brasa abrir-lhe um orifício na parte superior,  retirar-lhes as pevides e os cascos e enchê-las de vinagre durante algum tempo, para evitar que se alterasse o sabor do vinho nelas guardado.
Agora caíram em desuso, com a produção de garrafas de vidro e de plástico.
Lá vão os tempos. Por isso a cabaça já fez história!

3 comentários:

  1. Olá. Também achei muito inusitado. Porém, de acordo com a sua explicação quanto ao uso das cabaças antigamente, suponho que a pessoa que por ali andou trabalhando ontem, usáva-a justamente para dela saciar a sede, ou apenas "molhar a boca" durante a labuta. E a oliveira me pareceu um perfeito gancho de apoio para ela. E aí, acho que o dono se foi embora e esqueceu a cabaça. Talvez amanhã ele volte para buscá-la.

    ResponderEliminar
  2. Olá Anónimo
    Gostei do seu comentário.
    Seguramente que o dono das cabaças terá passado para as recolher, para evitar que a geada as danificasse.
    Estas, para o ano de 2011 irão estar em condições de desempenhar as funções das bisavós delas... rsrsrs

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar

Os seus comentários enriquecem a nossa prestação. Seja bem vindo. Obrigado pela sua colaboração.