segunda-feira, maio 17, 2010

DE BEIJÓS > A BELMONTE - PORTUGAL - Na rota da História

2009.OUT.03 - UMA VISITA A BELMONTE

Na rota das Localidades Históricas portuguesas, era forçoso passar por Belmonte.
Algumas coisas vimos de novo.
O seu castelo teve algumas melhorias e ganhou um anfiteatro para divulgação da cultura.
A entrada Nascente da Vila também foi requalificada e muito mais embelezada.
A Vila ganhou o Museu dos Descobrimentos, na casa Cabral, o qual estamos ansiosos para visitar, para enriquecermos os nossos conhecimentos sobre o período áureo de Portugal no Mundo e sobre Pedro Álvares Cabral, obreiro da descoberta do Brasil, em 1500, que tem motivado, através dos tempos, a escrita de páginas gloriosas na História de Portugal.

Há sempre qualquer coisa que nos desperta a curiosidade. Esta Vila, segundo consta, possui a maior comunidade Judaica, em Portugal. Gostaríamos de visitar a SINAGOGA, como visitamos um Templo Católico, mas não nos foi permitido, por não estarmos incluídos no seu grupo de fiéis.
Ficámos à porta, momentaneamente, para observarmos o movimento dos fiéis do Judaísmo. Era chegada a hora de início das suas práticas religiosas e constatámos que a rua, inesperadamente, encheu-se de gente, homens e senhoras, em direcção à Sinagoga. Fomos saudados por eles com um vocábulo estranho, que, segundo apurámos, equivale ao "Boa Tarde" em português.
Regalámo-nos a contemplar a bela paisagem que se avista de Belmonte, já no fim da tarde. Era imperdível viver por momentos os singulares cenários paisagísticos que a natureza nos oferecia.

Curiosamente, encontrámos este singular monumento ao Emigrante, que em nosso entender está muito bem pensado, muito bem concebido, como podemos avaliar pela foto.
*****************************************
SUGESTÃO PARA CONSTRUIR EM BEIJÓS UM MONUMENTO AOS EMIGRANTES E IMIGRANTES
Pouco depois de em Beijós ter sido inaugurado o monumento aos Ex-Combatentes do ex-ultramar português, abordámos o Senhor Presidente da Junta, o Nosso Amigo Agostinho Nascimento, também ele ex-emigrante, a quem observamos sobre a criação de um monumento ao Emigrante, porque da freguesia de Beijós, como de outras localidades portuguesas, a partir da década de sessenta, do Século passado, muita gente se deslocou para os países do centro da Europa.
Entendemos que também se justificará um monumento aos Emigrantes e Imigrantes Beijosenses.
Será um bom motivo para realçar o seu papel no progresso de Beijós e de Portugal.
Na altura que travámos algum diálogo com o nosso Querido Amigo Nascimento, ousámos dar a nossa opinião sobre o local onde poderia ser instalado, para que não ficasse tão próximo do dos ex-combatentes.
Estamos convictos de que, numa primeira oportunidade iremos ver os ex e os actuais Emigrantes e Imigrantes Beijosenses unidos neste empreendimento.
video

2 comentários:

  1. Caros amigos de Beijós:

    Uma excelente sugestão! Trata-se de uma das Aldeias Históricas de Portugal.

    Nunca é demais voltar a visitar.

    ResponderEliminar
  2. Olá Susana
    Obrigado pelo comentário e pelo incentivo que procura levar aos Beijosenses, para que visitem Belmonte.

    ResponderEliminar

Os seus comentários enriquecem a nossa prestação. Seja bem vindo. Obrigado pela sua colaboração.